.

DIRECTÓRIO DE ANIMAIS

MANUAL DA ADOPÇÃO ANIMAL






Porquê ter um animal?

A adopção de um animal deve sobretudo ser resultado de uma reflexão consciente sobre a capacidade real de cada um em suprimir as necessidades primárias que um animal carece. Assim, não deve nunca adoptar um animal por impulso simplesmente para satisfazer um desejo primário ou inconsciente, mas sim pelo facto de reunir as condições mínimas essenciais ao Bem-Estar do animal e a vontade unânime de acolher um ser vivo proporcionando-lhe um estilo de vida próprio e ajustado aos seus instintos mais primitivos. Por outro lado, a adopção de um animal por vaidade (ou porque uma determinada raça está mais na moda ou até porque o vizinho possui um Rotweiller e não quer ficar em desvantagem) é completamente errada.


O que significa adoptar um animal?
Adoptar um animal significa, em primeiro lugar e reiterando, adoptar uma responsabilidade para com um ser vivo que necessita de cuidados básicos essenciais à sua sobrevivência. Antes de tomar uma decisão, reflicta se:
· Possui instalações adequadas à permanência de um animal;
· Possui estabilidade financeira para providenciar ao animal cuidados médicos e alimentação;
· Possui tempo para prestar os cuidados mínimos de afecto e exercício físico ao animal;
· Possui a noção exacta que um animal irá crescer e que, passado algum tempo, assumirá um estado de adulto, alterando assim o seu comportamento.

Fonte: LPDA





   

Visitas regulares ao veterinário e exercícios
 

As visitas ao veterinário devem começar com cerca de oito semanas e devem continuar durante toda a sua vida, pois são essenciais para a vacinação e para obter informações importantes. Você também pode examiná-lo de vez em quando observando seus olhos, focinho, boca, patas e unhas. Caso note algo estranho, consulte o veterinário imediatamente. A prática de exercícios também ajuda a manter em dia a saúde de seu cão, melhora sua socialização e seus treinamentos. Pergunte a seu veterinário ou consulte a literatura especializada para saber ao certo a quantidade de exercício mais adequada para o seu cão.


Detectando doenças

Preste muita atenção quanto as estes sinais de problemas. Caso observe algum destes sintomas em seu cão, preste atenção para ver se evoluem e consulte seu veterinário sempre que tiver dúvidas.
• Perda ou diminuição do apetite; sede excessiva
• Ganho ou perda de peso súbitos
• Desânimo ou preguiça para se exercitar
• Sangue na urina
• Sangue nas fezes ou amolecimento; diarreia
• Vómitos frequentes
• Salivação excessiva ou respiração irregular
• Falta de brilho ou irregularidade na pelugem; alterações na pele

ADOPTE UM ANIMAL